quarta-feira, 9 de agosto de 2017










5 erros mais comuns na alimentação de quem treina
Para tratar sobre o tema, é preciso ter em mente que cada pessoa treina com um objetivo diferente.
Não comer
Nossocorpo é um poupador de energia. Quando deixamos de comer, o nosso organismo começa a poupar as reservas de gordura armazenada. Nosso corpo precisa de gordura para manter sua temperatura, proteger de impactos e manter todo processo bioquímico. Logo, quem quer emagrecer ou perder peso não pode deixar de comer, pois o organismo vai reter suas reservas.
Comer demais
Para quem quer perder peso, comer demais obviamente está errado.
Comer a quantidade certa na hora errada
Temos um ditado que diz que devemos “tomar café da manhã como um rei, almoçar como um príncipe e jantar como um plebeu”. Só que se você treina à noite, esse ditado cai por terra.

Você precisa adequar a qualidade e a quantidade de alimentos por refeição de acordo com suas atividades diárias e o treinamento. Quem trabalha o dia todo sentado no escritório e treina à noite precisa de mais energia à noite, e não de manhã.
Não comer antes do treino
Há outro ditado que diz que “saco vazio não para em pé”, muito menos corre ou faz musculação. O ideal é comer para se preparar para a atividade física. A refeição pré-treino precisa ter como objetivo oferecer energia que dê condições para a prática de exercícios.
Não comer depois do treino
Há pessoas que, após um treino intenso, não comem, ou seja, não repõem suas energias. É errado pensar que deixar de comer logo depois é o ideal para perder peso ou ganhar massa magra

Consulte SEMPRE uma nutricionista =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário